Tag Archives: aécio

Pedido de prisão de Aécio paralisa denúncia contra tucano


O Supremo Tribunal Federal (STF) julga nesta semana o terceiro pedido de prisão contra Aécio Neves (PSDB-MG) feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR), quando o procurador-geral era Rodrigo Janot.

Acusado de ser beneficiário do pagamento de R$ 2 milhões pela J&F, por meio de seu primo e de sua irmã, o senador terá o pedido de detenção analisado pela Primeira Turma do STF. A defesa de Aécio, contudo, pediu que o caso seja levado ao Plenário do Supremo, sendo julgado por todos os ministros.

Relator do caso, o ministro Marco Aurélio Mello já considerou que é desnecessário que todos os ministros integrantes da Suprema Corte julguem o caso. A PGR, por meio da defesa de Janot, também havia manifestado pelo julgamento pela Primeira Turma.
http://bit.ly/2wTG4Ii

Advertisements

Veja decreta morte de Aécio: propina em NY | Brasil 24/7


A revista Veja deste fim de semana acaba de decretar a morte do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e pôr fim de vez aos seus planos – se é que ainda eram possíveis – de se candidatar à presidência da República em 2018 (leia aqui).

Se não bastassem as propinas em Furnas, na Cidade Administrativa (MG) e até o caixa dois em Cingapura, surge uma nova bomba: o ex-­presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Junior, delator da Lava Jato, afirmou que a empresa depositou propina para o senador numa conta em Nova York operada por sua irmã, Andrea Neves, segundo reportagem da revista.

O texto diz que situação de Aécio “é um pouco pior” do que a dos outros caciques tucanos que poderiam concorrer à presidência, José Serra e Geraldo Alckmin, e que “pode se complicar ainda mais”. “BJ era amigo de Aécio e frequentemente era visto jantando com o senador no Rio”, diz a Veja.

“De acordo com BJ, os valores foram pagos como ‘contrapartida’ — essa é a expressão usada na delação — ao atendimento d
http://www.brasil247.com/pt/247/minas247/288137/Veja-decreta-morte-de-A%C3%A9cio-propina-em-NY.htm

Marcelo Odebrecht delata Aécio: R$ 50 milhões | Brasil 24/7


Articulador do golpe de 2016, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi alvo de mais uma delação: desta vez, de ninguém menos que Marcelo Odebrecht, que disse ter acertado um repasse de R$ 50 milhões para o presidente nacional do PSDB, em troca do apoio e da participação da Cemig e de Furnas no leilão de uma das usinas do Rio Madeira; político mais delatado na Lava Jato, Aécio é o alvo do maior número de inquéritos da chamada “lista de Janot”; em nota, ele afirmou que “é absolutamente falsa a pretensa acusação”; neste caso, a Odebrecht deve apresentar comprovantes de que pagou a propina a um operador de Aécio numa conta em Cingapura.
http://www.brasil247.com/pt/247/minas247/285726/Marcelo-Odebrecht-delata-A%C3%A9cio-R$-50-milh%C3%B5es.htm