Tag Archives: delação

Lula denuncia fabricação da delação de Léo Pinheiro | Brasil 24/7


Condenado a 26 anos de prisão, o empresário deu uma guinada radical no que vinha declarando e agora acusa o ex-presidente Lula de ser dono do triplex do Guarujá e tê-lo orientado a destruir provas, dando o argumento para o juiz Sérgio Moro decretar a prisão preventiva do ex-presidente por suposta obstrução da Justiça; segundo a defesa de Lula, as acusações de Léo Pinheiro eram condição sine qua non para que ele tivesse acordo de delação premiada firmado. Sua negociação com os procuradores para reduzir sua sentença é pública e documentada; “Claramente, a falsa versão negociada com Léo Pinheiro destina-se a cobrir os furos e inconsistências da denúncia do power-point, além de transferir sem provas, para outra pessoa (Vaccari), a responsabilidade pelos crimes de corrupção ativa e lavagem de dinheiro pelos quais Pinheiro é acusado na ação. Trata-se de uma farsa em favor do réu e dos levianos promotores”, diz o Instituto Lula; confira a trajetória de como Léo Pinheiro mudou em relação a
http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/291655/Lula-denuncia-fabrica%C3%A7%C3%A3o-da-dela%C3%A7%C3%A3o-de-L%C3%A9o-Pinheiro.htm

Advertisements

Cíntia Alves: Delação da Odebrecht à Lava Jato desmonta denúncia da Zelotes; foi Jucá, e não Lula, quem ganhou R$ 5 mi com venda de MP – Viomundo – O que você não vê na mídia


A delação bombástica de um ex-executivo da Odebrecht que toma conta do noticiário desde sábado (10) também lança dúvidas sobre a última denúncia que o Ministério Público Federal ofereceu à Justiça de Brasília contra o ex-presidente Lula, por tráfico de influência.

Sem apresentar provas, a força-tarefa da Zelotes diz que Lula tentou influenciar na aprovação da Medida Provisória 627/13 para favorecer montadoras que, em troca, pagariam propina a um lobista. Este, por sua vez, faria acertos com um dos filhos do ex-presidente.

Mas os documentos da Odebrecht mostram que quem participou diretamente da “venda” dessa MP ao empresariado foi Romero Jucá (PMDB), que teria falado em nome de Renan Calheiros (PMDB). Do lado da Câmara, a articulação foi feita com Eduardo Cunha (PMDB).

As informações que põem em xeque a tese da Zelotes contra Lula estão na página 48 da delação de Cláudio Melo Filho [veja em anexo], ex-diretor da Odebrecht em Brasília. Os dados, que foram colhidos pela Lava Jat
http://www.viomundo.com.br/denuncias/cintia-alves-delacao-da-odebrecht-a-lava-jato-desmonta-denuncia-da-zelotes-contra-lula-foi-juca-e-nao-o-ex-presidente-quem-ganhou-r-5-milhoes-com-venda-de-mp.html